... Muito Além de Mim... Aqui dentro! ...


SEJA MIL VEZES BEM VINDO!!!

AQUI e no meu SITE:


http://www.guidhacappelo.com/
Emails para: guidha.cappelo7@gmail.com


MUITO ALÉM DE MIM é um Portal de Arte e Luz que dedico a todos, pra que seja uma fonte de energia onde você possa encontrar respostas, caminhos, ânimo, paz, algo que possa lhe ajudar a enfrentar as tempestades e desafios da vida.

Quero sempre lembrar que NÃO SOU terapeuta nem psicóloga, apenas uma artista plástica que adora ser ZEN, gosta de ajudar os outros e acredita firmemente que SOMOS TODOS UM!

Que ao sair daqui, você tenha ativado sua sensação de paz, harmonia e auto-confiança.

***************************************

... e até que nos encontremos de novo...

que Deus lhe guarde, serenamente,
na palma de Suas mãos!



*************************************************************

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Quem dera a Paz...


Queria ilustrar este texto com alguma foto que mostrasse Angola mas não queria nada deprimente, optei por colocar esta menina, que há muito me acompanha.


Em Dezembro do ano passado, um professor meu me sugeriu que escrevesse alguma coisa sobre a guerra de Angola e mandasse para o blog dele. Disse a ele que esse tema, apesar de mais de 30 anos, ainda era doloroso pra mim mas quem sabe um dia esse texto viesse com mais naturalidade.


Desde domingo estou às voltas com esse texto que agora insiste em ser escrito. É como uma APELO À PAZ. Não sou escritora, apenas essa necessidade agora de falar sobre a Guerra/Paz, pelo olhar de quem já passou por uma e encontrou agora a outra. Queria compartilhar com meus amigos, não a dor mas a alegria de saber reconhecer que passou!

Com carinho

Guidha



QUEM DERA A PAZ...

- Guidha Capelo -

Quem dera os povos despertassem com consciência

e distinguissem a leveza da Paz, da dor da guerra...


Quem dera não houvesse mais necessidade

De mensageiros nem embaixadores da Paz...


Quem dera acabassem as manifestações

Tratados e canções pela Paz

Por ser ela, uma realidade...


Quem dera acabassem os interesses escusos,

bélicos, frios que desabam em guerras...


Porque

Quem passou por uma guerra,

Mesmo que não tenha sangrado,

Saiu aos pedaços, dilacerado,

Jamais se esquece... Jamais apaga...


É uma viagem sem volta!

Um pedaço que fica,

Lembranças que martelam,

Uma história obrigada a findar,

Um naco de alma que apodrece!


Ninguém sai inteiro,

Ninguém é mais Alguém!

Perdem a identidade, as raízes.

E como diz uma amiga de angola*:

"...por vezes parece que paramos no tempo

ficamos presos a um passado

que está colado na pele"...

Demora-se a recuperar o brilho,

A luz do olhar...


Eu,

Eu demorei uma vida inteira

Pra sair da escuridão,

Andei pela vida... Não vivi!

Fui como uma vela acesa

Que eu deixei arder...


O vazio de informações foi minha saída.

A ausência de lembranças me fortalecia...

E assim fui apagando um pedaço de minha vida...


Tem vezes que me torturo perguntando:

Quando é que nós, humanos, vamos entender

Que toda a guerra é uma inconcebível loucura?

A maioria dos humanos sabe,

Mas são manipulados por uma minoria que se impõe

Na defesa de seus interesses.

Quando vamos tomar coragem e dizer NÃO???


Por acaso alguém consegue quantificar

O potencial humano que uma guerra joga fora???

Podem dizer que quantidade de órfãos, viúvas e mutilados,

Provocam a demência de uma guerra?

Têm noção de quantas famílias se separam, se perdem,

Quantos sonhos destruídos e o mal que fazem a um país?


... e a mim, ainda uma menina,

Que chorei lágrimas amargas por ter sido separada

De minha família, de meus amigos, de minha história,

E nos perdemos dentro desta diáspora...

Perdendo-nos nessa insanidade que foi a guerra...???


Ninguém me perguntou se eu queria viver isso...

Que eu saiba, nunca houve um plebiscito para o povo decidir

Se vai ou não vai querer uma guerra...

Durante anos, vaguei no vazio, depois senti revolta,

mágoa, desespero, de novo vazio, solidão, solidão...

Alguém me perguntou se queria sentir isso???


Mas cada lágrima vertida foi me lavando, me iluminando...

Me tirando o aperto em meu coração...

Hoje consigo perdoar, consigo ter vontade de voltar.

porque o melhor de nós ficou lá...

Os grilhões que me prendiam à dor, se quebraram,

Hoje sinto vontade de ajudar a recuperar meu país...


Por isso eu sempre digo:

Quem dera a palavra "guerra" virasse

Uma palavra perdida num dicionário velho,

Ou uma página num livro de História Antiga...

de nossos antepassados...


Guidha Capelo

Fev 2008

(*Rosarinho)

****************************************************************

Margarida Alves disse...

Guidha,
Um desabafo e uma mensagem de esperança.
Mas o final resume tudo... Tomara que no dicionário além do que vc disse, fique escrito - GUERRA - palavra em desuso, mas tenha certeza amiga que estamos caminhando para viver em um mundo assim, sem guerras, sem choros, sem lamentações, ...

Não sei se aqui na neste planeta - A mãe Terra, mas tenho certeza que outros mundos existem onde viveremos, que as palavras amargas não serão aprendidas e sim outras palavras que retratam o amor sublime do Pai.

Mas sei também que muitas gerações e muitos espiritos ainda viverão por muitos anos num mundo em que a crueza da dor se faz necessário para o aprendizado.

Trabalhemos pelo nosso crescimento,,,,

Beijo. Bom domingo
Margarida Allves

**********************************************************

Alice Capelo disse:


mãe,
eu não sei o que falar e não sei como seria minha reação se tivesse passado por tudo que você passou...
você hoje é uma vitoriosa e eu tenho muito orgulho de você!

eu te amo!
beeeeeeeeeijo, alice ^^

*****************************************************************

Jussara disse:

Hoje parei, e realmente senti necessidade de responder seu e-mail, não com mais assuntos novos, e sim com muito entusiasmo para dizer:

"Guerreira da Luz, tudo é um preparo para seu desenvolvimento e vc tomou consciência da sua potência quando reencontrou forças para falar do seu passado, que este trouxe toda a renovação da razão da tua arte.
Firme mas maleável como suas pinceladas e agora com a sua escrita,
siga em frente Ó Grande Amazonas."


Com carinho e respeito, Jussara

20 de Fevereiro de 2008 19:15

---------------------------------------------------

GUIDHA respondeu:

Que bom minha doce amiga, eu quis tocar mesmo os corações dos que estão mais perto de mim... quem sabe um dia o mundo se toque também!

Me alegro muito de ver esse sentimento por mim vindo de uma das primeiras pessoas que me ensinou a olhar pra dentro, que me ensinou a meditar.

Uma parte desse meu brilho com certeza é um pouco do seu!

Com muito carinho
Guidha

*******************************************************************

Alessandra disse:


Bom dia Guidha

Parabéns pelo seu texto..... ficou muito bem escrito, as palavras muito bem colocadas e ainda passa para quem lê a emoção que vc viveu naquele momento.... Talvez não a mesma, mas a sensação é que enquanto escrevia este texto, conseguiu lembrar do cheiro daquele lugar... do gosto do q passou pela sua vida. Você é uma vitoriosa....

Bjos


Alessandra Sorrilha

Depto de Marketing

www.gatopreto.com.br

21 de Fevereiro de 2008 08:20

-----------------------------------------------

GUIDHA respondeu:

Nossa... vc é realmente muito sensível!!

Fiquei emocionada com suas palavras...

Eu realmente sou muito feliz, estou rodeada de pessoas muito doces, não tenho palavras... realmente quando escrevi este texto no domingo, baixou uma sensação muito forte, assim do nada!

Senti que tinha que escrever até mesmo pra que meus amigos me conhecessem melhor. Nunca fui de falar muito sobre a guerra de Angola, pq algo dentro de meu cérebro me mandava esquecer. Há uns 3 anos pra cá resolvi enfrentar, quem sabe exorcisar tudo isso.

Quero muito hoje voltar à minha terra, fazer algum projeto com as crianças de lá... entrar na minha casa, "sentir" cada cômodo e depois sair fechando a porta com minhas mãos, porque quando saí, ia voltar no mês seguinte, e nunca mais voltei.. e isso me fez muito mal.

Até hoje tenho dificuldade de sair de casa, preciso de um motivo muito forte pra sair...

Aos poucos estou reconhecendo todos esses "traumas" e com ajuda, me fortalecendo!

Hoje já consigo falar de minha terra com amor... de novo!

Um beijo com muito carinho, minha amiga!


*************************************************************************

ALCYONE disse:

Guida!

Lindo o seu poema!!!!

Lembrei-me de vc quando li esta mensagem.... abaixo

Paz e Bem!

Alcy

RECOMEÇAR

Perdi um brinquedo que me acompanhou em minha infância... Mas ganhei a lembrança do amor de quem me presenteou!

Perdi meus privilégios e fantasias de menino... Mas ganhei a oportunidade de crescer e viver livremente!

Perdí muita gente que amei e que me amou e que ainda amo…Mas ganhei o carinho e o exemplo de suas vidas!

Perdí momentos únicos da vida porque chorava em vez de sorrir…Mas descobri que para colher amor tem que planta-lo!

Perdi muitas vezes e muitas coisas em minha vida. Porém junto a este “perder” hoje tento o valor de “ganhar”. Porque sempre podemos lutar pelo que amamos e porque sempre há tempo para recomeçar!

Não importa em que momento da vida cansastes. Mais importante é que sempre é possível e necessário recomeçar.

Recomeçar é dar-se uma nova chance, é renovar as esperanças na vida e, mais ainda, acreditar em ti mesmo!

Sofrestes muito neste período?... Foi aprendizagem.

Chorastes muito?... Foi limpeza da alma.

Odiastes?... Foi para poder perdoar.

Sentistes solidão em alguns momentos?

... Foi porque fechastes a porta.

Pensastes que tudo estava perdido?... Foi simplesmente o início de tua melhora.

Sentes solidão?... Se olhares ao redor verás muita gente esperando teu sorriso para aproximar-se mais de ti!

RECOMEÇAR.

Hoje é um excelente dia para iniciar um novo projeto de vida. Onde queres chegar? Olha para o alto, sonha alto, deseja o melhor, anseia o bem e o bom, pois a vida nos traz o que desejamos!

Pensando pequeno; o pequeno virá. Se pensamos firmemente o melhor, o positivo e lutamos por alcança-lo; o melhor virá para nossa vida!

Hoje é o dia da grande limpeza mental. Tira tudo que te prende ao passado e que te machuca. Joga fora toda a impureza, limpa teu coração, prepara-te para uma nova vida, e para um novo amor se estás só; nós somos apaixonados, somos capazes de amar muitas vezes, porque somos a manifestação do amor!

A vida te chama, te convidando para uma nova aventura, outra viagem, um novo desafio. Dedica este dia a ti mesmo e farás todo o possível para alcançar teus objetivos. Confia na vida, confia em ti!

Agradece a Deus por teres recebido esta mensagem, é sinal que alguém pensa em ti.

Nem todos têm este privilégio.

*******************************************************************************

ISABELA LIMA E LAGE disse:

Nossa Gui, emocionante viu, ficou lindo!!!
Não tem como vc por vezes, falar sobre a guerra e não dizer palavrinhas tristes, mas ao mesmo tempo, vc demosntra toda a sua força, ficou perfeito!!!!

Gui, vc disse tudo nestas estre-linhas e é tbm um alerta, alerta à humanidade, das maiores dores que podem ficar depois de uma guerra, que é a interior!
bjim no core maninha, te amo!
Bel.

*******************************************************************

DENISE disse:

Muito lindo!

Enquanto lia, pensei na guerra fora que travamos dentro.

Tenho certeza que a Paz real começa por aí.

Por isso trabalho para que a Educação faça a sua parte.

Bjs,

Denise.

******************************************************************************

BERNADETE BITENCOURT disse:

Minha amiga querida,
A cada dia fico mais orgulhosa com a virada que destes na sua vida.

Lendo seu texto observo o quanto tens estudado e como estás sensível para expôr o que vem de tua alma.

O conteúdo das suas palavras é muito bonito e real.

Parabéns amiga!

Beijos
Bete

************************************************************
Blogger Renata Christina disse...

Ghida! Fiquei emocionada com suas palavras.

Falar de guerra não é fácil, mas vc conseguiu colocar no papel sentimentalismo apropriado, energia e a luz de sempre. Bjs!

************************************************************************

PAULO DANTAS disse...

Guidha

Veja que para vc não existe desafios que não possa encarar.

Com todos os talentos que já possui, este (de escrever um livro falando sobre o que vcs passaram) não seria um que temesse em realizar.

Acredito no seu potencial e aguardo o fruto deste seu novo trabalho. Sucesso.

Bjs.

Paulo Dantas

paulo.dantas@redebahia.com.br
Área de Transmissão

21 de Fevereiro de 2008 17:51

***********************************************************************************

DIL disse...

Amiga Guidha, não te conheço mas sua mensagem veio parar no meu e-mail, e como sou espírita sei que nada acontece por acaso, sentir a sua dor e o seu anseio , pela Paz, sonhos de todos nós que vemos diariamente através da tv,como estamos precisando de Paz, para voce que vivenciou pessoalmente, o desejo é mais forte e oro para que esta Paz chegue ao seu sofrido coração por tudo que vivenciou e que não pára de vivenciar através das recordações.

Que sua mensagem ganhe o mundo para que cada um de nós faça um pouco para que a Paz, não fique só nos votos de final de ano,mas durante os outros dias.

Que Jesus a abençõe e dê a Sua Paz.

Beijos Dil

23 de Fevereiro de 2008 00:46

*****************************************************************

Guidha, voce é um ser iluminado,o que voce passou foi para que servisse de porta-voz dos céus para pacificar este nosso planeta através das suas palavras e da sua arte.Que Jesus continue lhe fortalecendo para que possa tocar os corações com o seu grito de amor pela Paz. Beijos Dil

2 comentários:

Renata Christina disse...

Ghida! Fiquei emocionada com suas palavras. Falar de guerra não é fácil, mas vc conseguiu colocar no papel sentimentalismo apropriado, energia e a luz de sempre. Bjs!

Alice Capelo disse...

mãe,
eu não sei o que falar e não sei como seria minha reação se tivesse passado por tudo que você passou...
você hoje é uma vitoriosa e eu tenho muito orgulho de você!




eu te amo!
beeeeeeeeeijo, alice ^^